Conheça agora 6 Temperos para se plantar em casa

Conheça agora 6 Temperos para se plantar em casa
Conheça agora 6 Temperos para se plantar em casa

Hoje em dia todo mundo quer ter uma horta caseira em casa e isso realmente é uma ótima decisão. Você terá muitos benefícios em ter uma horta em sua casa, desde economia, saúde, melhoria da estética da casa com uma área verde e cuidar dessa hortinha trazem também benefícios psicológicos.

Os temperos estão presentes em praticamente todas receitas que fazemos hoje em dia. No entanto, se você puder ter a opção de utilizar eles frescos, colhidos na hora, certamente será a melhor decisão.

Abaixo vou te mostrar algumas opções de temperos mais utilizados hoje em dia. Todos eles vão combinar muito com a sua horta em casa.

Cebolinha

como plantar Cebolinha
Cebolinha

Certamente, um dos temperos mais versáteis e mais utilizados na culinária brasileira hoje em dia. Ela combina muito bem com molhos, omeletes, carnes, caldos, feijão e saladas.

Uma ótima opção para se cultivar a cebolinha é em vasos coletivos, ela não precisa de muito espaço e é muito fácil de ser cuidada. Água diariamente e um solo rico, fará com quem você tenha cebolinhas de uma ótima qualidade.

Na hora da colheita, lembre-se de cortar a base das hastes antigas.

Orégano

dicas de tempero Orégano

Esse é outro tempero que não pode faltar na horta dos brasileiros. Ele combina com diversos pratos e principalmente se for utilizar tomate.

Assim como a cebolinha, o orégano também poderá ser plantado em vasos coletivos com uma boa drenagem. Para ter uma planta saudável, é necessário que ele fique exposto direto ao sol por algumas horas.

O orégano não aceita solo seco, você deve regá-lo todos os dias. Para uma boa colheita, o recomendado é que a planta tenha pelo menos 20 cm de altura, o corte pode ser feito na base. Logo após a colheita, deixe-os em um local próprio exposto ao sol para a secagem das folhas.

Alecrim

como ter Alecrim em casa
Alecrim

O alecrim é um tempero muito versátil, ele combina demais com receitas de massas, molhos, batatas, carnes e pães.

As plantas de alecrim são muito fáceis de cuidar porque requerem pouca água e solo com uma boa drenagem. Portanto, em hipótese alguma plante alecrim em um vaso que tenha vegetais que gostam de muita umidade. O excesso de água pode matar os pés de alecrim, portanto, regue apenas duas vezes por semana durante os meses mais quentes. No inverno ou em meses com maior umidade, deve-se regar apenas uma vez na semana.

Ao escolher um local para plantar seu alecrim, escolha um que seja quente e tenha exposição direta ao sol. A colheita pode ocorrer depois de pelo 10 dias após o plantio. Com uma tesoura, corte somente as pontinhas.

Manjericão

dicas sobre Manjericão na cozinha

O manjericão além de muito saboroso, combina com massas, carnes, molhos de tomate, carnes, peixes, caldos e azeites.

Aconselha-se a utilização de um único recipiente para o cultivo do manjericão porque utiliza muitos dos recursos minerais do solo. Essa planta gosta de calor e luz, portanto, para o bom crescimento de suas folhas, deve ser exposta ao sol de 4 a 6 horas por dia .

O ideal é que você molhe seu manjericão todas as manhãs e garanta que o solo em que ele está crescendo seja rico em matéria orgânica. Para que o manjericão cresça com saúde e tempere seus pratos, é fundamental que ela tenha umidade, espaço e luz.

A colheita deverá ocorrer em 2 meses após o plantio. Sempre tome muito cuidado para não machucar a muda e corte sempre as maiores folhas.

Coentro

como ter Coentro em casa
Coentro

Esse é o famoso oito ou oitenta, é um tempero popular e conhecido por ter esse extremo entre os gostos das pessoas, uns amam e outros odeiam. Ele combina com receitas da culinária mexicana, indiana e nordestina.

A planta do coentro se dá bem em vasos coletivos, mas requer muita luz e exposição ao sol. Ela precisa ser molhada sempre que solo estiver seco, pois prefere temperaturas mais quentes, em torno de 25 °C.

Salsa

dicas Salsa em casa
Salsa

Também conhecida como salsinha ou cheiro-verde, é um tempero versátil muito usado em nossa culinária. Ela combina muito com molhos, assados, caldos e saladas.

A salsa aceita bem vasos compartilhados, por necessitar de um solo fértil e rico. Embora ela possa suportar temperaturas geladas, ela precisa de alguma exposição ao sol para crescer de forma saudável.

Um cuidado que deve-se tomar com a salsa é quanto a umidade, você deve molhar ela diariamente, porém o vaso deverá ter um bom sistema de drenagem, se acumular muita água irá matar a planta.

Na hora da colheita, lembre-se de deixar 1 cm da base para garantir crescimento da planta.

Gostou dessas dicas? Comente o que achou e qual deles é o seu favorito.